Conecte Conosco

Culinária

Veja segredos para pratos do dia a dia

Redação Planalto

Publicado

em

Cozinha definitivamente não é sua praia? Erra até em pratos triviais? Calma! Com dicas simples, é possível acertar no preparo de arroz branco, feijão, ovo cozido, omelete, macarrão e panqueca. Dicas da chef de cozinha e professora de educação alimentar Ana Maria Ruiz Tomazoni. Aprenda como fazer.

Arroz branco

No preparo, use alho e cebola naturais, esqueça as opções industrializadas. Refogue  com pouco óleo e, em seguida, acrescente o arroz, dando mais uma envolvida nos temperos já fritos. Só então coloque a água (quente ou fria). Para cada xícara (chá) de arroz branco, use duas xícaras (chá) de água. A dica para evitar excesso de óleo é cozinhar água junto com algumas folhas de alface por cima, que absorverão o excedente. Depois, basta retirá-las. Deixe a panela semi tampada para sair o vapor.

Arroz integral

Para preparar arroz integral, tempere com alho frito e cebola (naturais), junte arroz e a água quente. Aumente a quantidade de água para não ficar seco e duro: para cada xícara (chá) de arroz integral, use três xícaras (chá) de água. Se colocar na panela de pressão, o processo fica mais rápido. Depois que a panela chiar, deixe ferver mais oito minutos e espere sair naturalmente toda a pressão.

Arroz no micro-ondas

Para fazer arroz no micro-ondas, prefira colocar os ingredientes em um refratário de vidro. A receita é a mesma do preparo no fogão, mas utilize água quente. Coloque potência alta e espere de 12 a 16 minutos para duas xícaras (chá) de arroz. “Não há muita vantagem com relação a tempo, mas não faz sujeira e fica gostoso”, disse a chef Ana.

Feijão

Em primeiro lugar, não jogue fora a água que o feijão ficou de molho, o que evita a perda de nutrientes. Para preparar 1 kg de feijão, deixe de molho em água fervente por 30 minutos. Quando a panela de pressão começar a soltar o vapor, deixe mais 10 minutos e desligue o fogo. Não abra a panela por 20 minutos. Tempere a gosto e deixe ferver por 25 a 20 minutos. Se ficar muito grosso, coloque um pouco de água filtrada quente e deixe ferver mais dois minutos. Caso esteja aguado, espere ferver e reduzir o caldo.

 

Ovo cozido

Em primeiro lugar, a casca do ovo não pode estar trincada. O alimento também deve estar em temperatura ambiente. Se ferver direto da geladeira, pode rachar com o choque térmico. Coloque em água a 80ºC e espere 15 minutos.

 

Omelete

A dica para a omelete ficar mais gostosa é usar meia casquinha de ovo (que quebrou) como medidor: uma cheia de leite para cada ovo. Misture e bata com temperos a gosto. Deixe na frigideira até dourar os dois lados.

 

Macarrão

Para cada 100g de macarrão, aposte em um litro de água fervente. A dica é aromatizar a água com cebola e cravo ou com amarrado de ervas e, então, cozinhar o alimento. Evitar óleo no preparo deixa o macarrão menos escorregadio e com mais aderência ao molho.

 

Molho de tomate

Higienize os tomates e corte-os em pedaços médios (verifique se estão saudáveis). Coloque na panela com alho e amarrado de ervas. Acrescente cenoura crua ou beterraba em pedaços para ajudar a equilibrar a acidez. Deixe ferver em fogo lento até ficar bem cozido. Espere esfriar e bata no liquidificador.

 

Purê de batata

Amasse as batatas assim que terminarem de cozinhar, senão endurecem e o processo fica mais difícil. Acrescente sempre leite quente. Aposte em manteiga/margarina, sal e uma pitada de noz moscada ralada na hora. Mexa com frequência para não empelotar.

 

Creme de milho

Bata o milho no liquidificar e peneire. O que sobra na peneira (bagaço) pode ser usado para fazer bolo. O creme de milho pode ser aromatizado com noz moscada e, para ficar mais cremoso, vale usar creme de leite ao finalizá-lo, mas fica mais calórico.

Carne moída

Na hora da compra, peça para moer a carne duas vezes. Para evitar alterações, ocasionadas por cozimento não-uniforme, deve-se mexer a carne moída durante o seu preparo. Aqueça uma frigideira grande e de bordas levemente altas. Coloque uma colher (sopa) de óleo (ou mistura de manteiga e óleo ou de azeite e manteiga). Em seguida, acrescente dois a três dentes de alho bem picados e, então, a carne moída. Mexa com frequência. Se estiver difícil de deixar a carne solta, utilize um garfo resistente. Assim, cozinha por igual e não junta água. Depois, coloque a gosto cebola, salsa, tomate picado ou outro tempero de sua preferência.

 

Hambúrguer

Faça com carne moída na hora e temperada com sal e ervas frescas e secas. Modele os hambúrgueres e coloque-os em cima do papel filme. Estão prontos para congelar. Na hora de prepará-los, não vire e mexa muitas vezes na frigideira, porque prejudica as propriedades da carne e seu sabor. Aqueça a frigideira antiaderente (sem gordura) e só então coloque o alimento congelado. Deixe as bordas ficarem com cor diferente (cozida) e então vire e repita o procedimento.

 

Chocolate quente

Não use achocolatado. O segredo é apostar em chocolate em pó ou em barra, junto com açúcar, leite e um pau de canela. Se gostar, vale acrescentar anis estrelado. Ferva, mexendo com frequência. Na hora de servir, bata com um mix. “Se você não liga para calorias, coloque, para cada xícara de chá, uma colher de creme de leite assim que ferver. Depois, bata com um mix. É delicioso!”, ensinou a chef.

 

Panqueca

A dica para deixar a massa bem macia é utilizar farinha de trigo e uma pequena quantidade de amido de milho. Os outros ingredientes são leite, manteiga/margarina e ovo. Para incrementar o sabor, a sugestão é temperar a massa básica com especiarias ou ervas frescas.

Chantili

Preparar chantili sem deixar o creme de leite gelar é um erro comum que faz com que não dê ponto, o produto fica mole. Portanto, coloque o creme de leite na geladeira, assim como o bowl e as espátulas que vai utilizar para bater, o que garante um produto mais firme e de preparo rápido.

 

 

Clique aqui para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil

Governo envia projeto para reabertura do Pronampe e do BEm

Redação NDP

Publicado

em

/Agência Brasil

O governo federal encaminhou ao Congresso Nacional um projeto de lei para reabrir o Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe) e o Benefício Emergencial para Preservação do Emprego e da Renda (BEm), que são medidas econômicas implementadas no ano passado para o socorro a empresas impactadas pela pandemia de covid-19.

Em nota, a Secretaria-Geral da Presidência explicou que o texto altera o Artigo 126 da Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2021 (Lei nº 14.116, 2020) para permitir a execução de projetos que tenham duração específica no ano corrente. De acordo com a pasta, a medida não cria despesas diretamente e também não afasta as regras fiscais que limitam e condicionam os gastos públicos, como a Lei de Responsabilidade Fiscal e o teto de gastos.

“A proposta pretende adequar os requisitos para aumento de despesas que não sejam obrigatórias e de caráter continuado. Com a modificação proposta, não será necessária a apresentação de medida compensatória para esse tipo de despesa”, diz a nota.

Programas

Por meio do BEm, empresas puderam realizar acordos de redução de jornada e salário ou de suspensão de contratos de trabalho, garantindo ao trabalhador uma porcentagem do seguro-desemprego a que teria direito se fosse demitido. O benefício foi pago com recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). De acordo com o governo, o programa preservou o emprego e a renda de cerca de 10,2 milhões de trabalhadores, bem como a existência de 1,5 milhão de empresas.

Já o Pronampe é uma linha de crédito criada para auxiliar financeiramente os pequenos negócios e, ao mesmo tempo, manter empregos durante a pandemia. As empresas beneficiadas assumiram o compromisso de preservar o número de funcionários e puderam utilizar os recursos para financiar a atividade empresarial, como investimentos e capital de giro para despesas operacionais. De acordo com o governo, o programa disponibilizou mais de R$ 37 bilhões em financiamentos para quase 520 mil micro e pequenos empreendedores.

Está em tramitação no Congresso Nacional, um projeto que torna o Pronampe uma política oficial e permanente de crédito. O texto já foi aprovado no Senado e está em tramitação na Câmara.

fonte: Agência Brasil

Continuar Lendo

Culinária

Torta invertida de abacaxi

Redação Planalto

Publicado

em

INGREDIENTES

Calda:
1 xícara (chá) de açúcar
1 abacaxi em rodelas
Massa:
100 g de manteiga
1 caixinha de Creme de Leite Caixinha
3 ovos
2 xícaras (chá) de açúcar
1 e meia xícara (chá) de Leite Líquido Integral
3 xícaras (chá) de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento em pó

MODO DE PREPARO

Calda:
Em uma panela de fundo largo, derreta o açúcar até ficar dourado. Junte meia xícara (chá) de água quente e mexa com uma colher de cabo longo. Deixe ferver até dissolver os torrões de açúcar e a calda engrossar. Em duas formas de bolo inglês (11 x 28 x 8 cm) untadas com manteiga, despeje a calda e distribua as rodelas de abacaxi. Reserve.
Massa:
Em uma batedeira, bata a manteiga com o Creme de Leite , os ovos e o açúcar até obter um creme. Desligue a batedeira, acrescente o Leite , a farinha peneirada e o fermento em pó e misture até ficar homogêneo. Despeje a massa sobre o abacaxi e leve ao forno médio-alto (200°C), preaquecido, por cerca de 30 minutos ou até dourar. Deixe amornar e desenforme. Espere esfriar e sirva.
Continuar Lendo

Culinária

Torta com frutas vermelhas

Redação Planalto

Publicado

em

Ingredientes
3 xícaras (chá) de farinha de trigo
1 xícara (chá) de margarina
1/2 xícara (chá) de açúcar
1 ovo

Recheio de creme
3 xícaras (chá) de leite
3 colheres (sopa) de maisena
1 lata de leite condensado
2 gemas
1 colher (sopa) de essência de baunilha

Recheio
1 xícara (chá) de framboesa fresca
1 xícara (chá) de cerejas sem calda (reserve a calda)
1 xícara (chá) de morangos frescos

Cobertura
1 xícara (chá) de água
1 colher (sopa) de maisena
1 envelope de gelatina vermelha (qualquer sabor)
2 colheres (sopa) de calda da cereja
1 colher (sopa) de glucose

Modo de preparo
Em uma panela, coloque os ingredientes do creme, menos a baunilha e leve ao fogo, mexendo sempre, por 10 minutos, ou até que engrosse. Tire do fogo, misture a baunilha e deixe esfriar coberta com filme plástico para não criar película. Em uma tigela, misture os ingredientes da massa até que não grude nas mãos, e com ela, forre uma fôrma de 30cm de diâmetro de fundo removível. Fure com um garfo e leve ao forno, preaquecido, por 15 minutos, ou até que doure levemente. Retire do forno e deixe esfriar. Coloque o creme frio e por cima espalhe as frutas misturadas. Para a cobertura, em uma panela, coloque a água e a maisena e leve ao fogo, mexendo sempre, por 5 minutos, ou até que engrosse. Misture os ingredientes restantes. Retire do fogo e espalhe sobre as frutas na torta. Leve à geladeira por 2 horas e desenforme.

Tempo: 2h (+2h de geladeira)
Rendimento: 8 porções
Dificuldade: fácil

Continuar Lendo

Culinária

Para arrasar na cozinha: faça a receita da couve-flor gratinada

Redação Planalto

Publicado

em

Receitas gratinadas são tudo de bom, vamos combinar. Essa sugestão transforma a couve-flor do dia a dia em um acompanhamento cheio de sabor. Veja o passo a passo:

Ingredientes

– 1 couve flor com as partes já separadas e limpas
– 2 xícaras de molho branco
– 1/2 xícara de queijo ralado

Preparo

Aqueça o molho branco e adicione o queijo ralado e as couves, mexa bem até que incorpore. Aqueça o forno a 180ºC, coloque a mistura em uma travessa refratária e deixe assar por cerca de 20 minutos ou até que doure. Sirva imediatamente.

Continuar Lendo

Viu isso?

Copyright © 2020 - Todos os Direitos Reservados